Meu funcionário comeu minha esposa

Como relatei no conto anterior, temos vários funcionários em nossa loja e desde que aconteceu nossa primeira vez com o Lucas, o novinho, ficamos em alerta com nossos funcionários, pois a impressão que temos é que todos da loja sabem o que aconteceu no estoque.

Um de nossos vendedores, o Fernando, um cara boa pinta, carismático bom de lábia, é um vendedor nato! Moreno, alto, forte, tem mãos grandes, um sorriso encantador.. apesar de nunca ter misturado trabalho com nossas putarias, sempre me pego imaginando minha esposa encravada em seu mastro e sempre compartilho meus desejos com minha esposa. Flávia, safada e cheia de tesão, resolve dar uma ajudinha para que meu desejo seja realizado.

Ler maisMeu funcionário comeu minha esposa

Uma professora muito safadinha

Olá pessoal, vocês já me conhecem de alguns contos, embora tenha que terminar sobre a gordinha fogosa, calma ainda vou terminar, e sobre Jéssica uma aluna minha que me levou à loucura na minha casa antiga casa, pois agora estou morando em outra cidade, mais ao norte de onde morava, e consequentemente trabalhando em outra escola.

Este conto não é sobre aluna, mas sobre uma professora que me chamou muito a atenção desde quando entrei nessa escola. Mudança de ares é sempre bom, graças a Deus fui bem recebido por todos meus novos colegas, inclusive por essa professora, que aqui vou chamá-la de Marly.

Uma mulher charmosa, alta cerca de 1, 70 m, branca, com um lindo cabelo preto encaracolado batendo no meio das costas, magrinha, bundinha pequena, assim como os peitos, fala mansa e gostosa de se ouvir, bom papo e um jeitinho todo gostoso de se ver.

Ler maisUma professora muito safadinha

Tesão de corno

Homens tem tesão. Funciona assim.
Ele acorda, pelado, vai no banheiro, é sábado e … bate uma punheta.
Ela toma café da manhã, sai, vê a filha do vizinho lavando o carro na calçada de shortinho e top de biquíni e volta para dentro e da sala, olhando para ela escondido, bate outra punheta. Tesão nível 1 ou 2.
O cara está no motel, a namorada está de chupando o pau dele e ele goza. Tesão nível 3.
O mesmo cara, mesmo motel, agora com a nova estagiária, que de quatro tira um plug do cu e diz que quer continuar virgem, então só vai dar o cu.

Ler maisTesão de corno

Minha primeira Infidelidade foi com nosso filho

Meu nome é Diana, sou casada, sou mãe e sou infiel. Sou uma mulher bonita, madura sexualmente falando, belas pernas e peitos, quadril ajeitado, minha vagina é linda e não sou convencida, apenas afirmo o que minha maturidade grita. Sou mais alta que baixa. Sou casada há vinte anos e temos um filho que completou dezoito anos no mês passado, seu nome é Nicolas. É um belo rapagão, mais alto que o pai, corpo lindo e liso como deve ser o de um homem nessa idade. Meu esposo é o típico homem acomodado após tantos anos de casamento, exceto na cama, pois continua um amante ardente e ardoroso, criativo na cama e que me satisfaz completamente. Permaneci fiel a meu esposo e meu casamento durante todos os anos de meu casamento até agora.

Ler maisMinha primeira Infidelidade foi com nosso filho

Ela Só Mamava

Quando morava em São Paulo aos fins de semana fugia sempre para Atibaia e ficava em uma chácara emprestada de um grande amigo. Ele tinha recebido aquilo como herança e não tinha muito interesse no imóvel. Então eu pegava as chaves e ia. As vezes levava o pagamento do caseiro, que era caseiro, mas não morava na propriedade, ele trabalhava lá e voltava para sua residência na cidade.

Mais de uma vez ele trazia esposa e filha para ficar com ele lá, enquanto trabalhava. A filha era uma delicinha. Moça criada na roça, mau cuidada, mas eu sempre vi potencial na garota. Um sábado a noite peguei o carro e fui na cidade buscar uma pizza. Estava sozinho e com preguiça de cozinhar e foi nessa ida a cidade que encontrei com ela, a filha do caseiro. A noite, estava produzida, perfumada, batom e um macaquinho bem colado ao corpo. Nem se parecia com aquela mocinha que as vezes eu via ajudando o pai.

Ler maisEla Só Mamava

Minha Prima na Quarentena

Primeiro gostaria de agradeça a todos, que estão votando e me mandado msg sobre os meu contos, tudo que relatei são relatos verdadeiro que aconteceram comigo bom vamos pra mas um. Nesses tempos de pandemia do Covid-19 a gente tem que se ajudar né. Minha prima Brenda mora sozinha e tem um medo danado de ser infectada, por isso a nossa família se alterna em fazer as compras pra ela. Esta semana fui eu. Liguei pra ela e pelo telefone ela me passou a lista do que precisava do supermercado e da farmácia.

Quando cheguei no apartamento dela e tenho a chave reserva do apto, entrei direto sem tocar a campainha. Encontrei Brenda deitada no sofá com o fone de ouvido, completamente nu azinha e tocando uma siririca. Fiquei admirando a cena até que ela notou que eu estava lá. Tomou um puta susto mas eu a acalmei.

Ler maisMinha Prima na Quarentena

A Safada da vizinha

Olá tudo bem? Sou Pedro e hoje vou contar a vocês sobre o dia da minha primeira transa.

Certo dia, eu estava indo à uma entrevista de emprego, quando cruzei com a Ana a minha vizinha, dei um oi e disse que precisava ir, então fui em direção ao escritório para a entrevista. Após a entrevista dei uma passada no mercado e a reencontrei, ela me preguntou do por que na pressa e disse que fui à uma entrevista que estava esperando a um tempo já. Então ela disse que precisava ir e partiu, eu então segui meu rumo.

Ao voltar para casa, preparei algo para comer e fui descansar, foi quando recebi a notícia de que ja podia começar em dois dias, jáque precisavam urgente de um auxiliar administrativo. Super feliz, saí de casa e fui dançar em uma balada. Então me deparei novamente com Ana, ela notou minha felicidade enquanto dançavamos então questionou-me o pq da alegria toda, então expliquei a ela o ocorrido, ela então disse:

– Para comemorar vamos nos divertir.

Então ela pegou minha mão e voltamos para minha casa. Mau entramos e ja estavamos aos beijos, ela então dizia que estava feliz por mim e aue também tinha algo a comemorar, foi quando me deitei na cama e perguntei sobre o que era o motivi de sua comemoração, então ela disse que era pq ia tirar a virgindade de alguém pela primeira vez, eu então dei um sorriso safado enquanto ela lambia os lábios.

Ela então baixou minhas calças, e começou um delicioso boquete, eu nunca havia sentido aquilo na vida. Ela mamava enquanto eu imaginava seu belíssimo corpo nu, foi quando ela se levantou tirou minha camisa, se ajoelhou em meu abdômen e tirou o top.

– Oh! Seus seios são tão redondos e lindos.

– Seu pau é delicioso e grosso, deve ter uns 17 centímetros.

Eu de fato tinha, entao ela se levantou e pude ver que ela estava sem calsinha por de baixo da saia, então ela me fez chupar aquela xana como nunca. Eu amei chupa-la, então ela se dirigiu ao meu pau e tentou sentar em cima, eu disse para esperar eu pegar a camisinha, ela então disse que não precisava e começou a quicar em mim.

Oh! Ah! Eu gemia e ela também, enquanto ela quicava eu acariciava seus seios e sua bunda redonda e gostosa. Eu então gozei ali mesmo com suas quicadas, foi tão forte e intenso que não resisti, ela então não se contentou e continou, eu sentia tesão e dor ao mesmo tempo, mas estava incrível.

Trocamos de posição então, aí ela estava deitada de pernas para o ar enquanto eu a bombeava na xana. Ela gemia alto de prazer, foi quando vi minha porra escorrer pela xana e de meu pau, passamos um bom tempo assim, até que eu precisava gozar, foi quando tirei o pau de dentro e gozei em seus seios. Ela então esfregou seus seios e lambeu os dedos melados de porra. Eu percebi que ela queria mais, então meti a bica na xana gozada mesmo e a giz gozar muito na minha boca, duas vezes para ser exato assim como ela fez comigo.

Se gostaram deixem uma avaliação positiva, e contém tamém um pouco de como foi com vocês hehe. Ate logo